Páginas

sábado, 3 de setembro de 2011

O que será?


Hoje me deu uma enorme vontade de escrever o que eu estou sentido, e diferente do q eu estou acostumada, meus sentimentos não estão confusos. 

306445_244052885636789_100000962386742_670854_5651998_n_large
Faz pouco tempo que você entrou na minha vida, e que saber a verdade? Parece que você sempre esteve aqui.

Pela primeira vez quero ir devagar, quero curti o que esta acontecendo, sem colocar nomes no q estamos vivendo. Podemos simplesmente chamar de vida. 

O jeito que você me trata e seus carinhos conseguem virar algo com o que eu me acostumo facilmente.
Suas brincadeiras e as coisas que você me diz me fazem pensar realmente no que eu estou fazendo (e serio isso não é muito normal não), mas também sinto que posso ser eu mesma ao seu lado, porque você gosta de mim pelo que eu sou e não por algo que você espera. E sou um pouco confusa mesmo, acordo algumas vezes tristes e em outras estou tão feliz que não consigo segurar ai eu danço, canto e simplesmente sorrio para todos.

Puts estou começando a gostar de você, mas não de uma maneira louca e obsessiva, e sim de uma maneira calma e tranqüila, daquele jeito de que eu consigo entender que temos vidas separadas, deixe - me explicar melhor sinto saudades mais consigo te ver vivendo sua vida e feliz, estou complicando as coisas! Rsrs eu sei.

Estou mais adulta e com você consigo sentir isso, é como se com você não você o melhor dos dois mundos, amor jovem e adulto. 



Um comentário: